4 de junho de 2012

Morte no Nilo

Autor: Agatha Christie
Género:
Policial

Idioma: Português
Editora: Edições Asa
Páginas: 270
Preço: € 10
ISBN:  978-9-72-414170-1
Título original: Death on the Nile

Avaliação: ***** (muito bom)


Sou fã de Agatha Christie desde a adolescência. A razão principal é que adoro Hercule Poirot, o detective belga com cabecinha de ovo criado pela Dama do Crime; Morte no Nilo é dos melhores (e mais famosos) mistérios de Christie e, claro, tem o Poirot.

O livro, publicado no final de 1937, passa-se no Egipto, num cruzeiro no Nilo. A bordo estão os recém-casados Linnet e Simon, que são perseguidos por Jacqueline, a quem Linnet "roubou" o namorado, agora seu marido. Linnet é rica, atraente, elegante e cultiva muitas inimizades, algumas das quais se encontram a bordo do mesmo cruzeiro. Quando a milionária aparece morta no seu camarim, os suspeitos são mais do que muitos e a inteligência e raciocínio de Poirot voltam à berlinda, num dos crimes mais elaborados de que há memória.
 

Morte no Nilo tem um enredo emocionante e sem falhas; como policial, é perfeito. O crime está muito bem imaginado, toda a acção até e além-crime é imaginativa. Em 1978, o livro foi adaptado ao cinema e tornou-se um clássico. As interpretações de Mia Farrow e Angela Lansbury são fantásticas, embora Ustinov não seja o meu Poirot de eleição.

Uma boa leitura para desfrutar nestes dias quentes.

6 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Quando fiz o cruzeiro no Nilo foi uma emoção, quando passámos no hotel onde a acção decorre. Beijoca!

Barroca disse...

Fixe! Gostava de fazer um cruzeiro desses, mas o meu jóve dispensa essas paragens, por isso não há-de ser para breve; beijinho.

Paula disse...

Li este livro há dois anos acho, gostei, mas não posso deixar de dizer que acho Poirot inervante!!!
:P

Barroca disse...

Oi paula! O poirot é o meu detective literário de eleição, se bem que não conheço muitos mais, mas na adaptação do filme está irritante, sim senhor!

MaryLand disse...

Adoro Agatha, adoro Poirot! Todos os meses lá compro um livro para o ler em duas noites. Conclusão passo o resto do mês a sonhar com o próximo crime ;) Não sei se já leste a "Casa Torta", tenho a certeza que vais gostar!

barroca disse...

olá, Mary!

Também sou grande fã, li quase os livros todos nos meus tempos de liceu (a biblioteca municipal estava bem recheada), mas não me lembro do que falas (vou procurar).

Curiosamente, o meu favorito dela não tem o Poirot: As Dez Figuras Negras. Recomendo-te se ainda não leste. ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...