1 de março de 2016

The birds & and other stories


Autor:
Daphne du Maurier
Género:
Contos
Idioma: Inglês

Páginas: 208
Editora:
Little, Brown and Company (Kindle)

Ano:
2013
 

ASIN: B00GR5N2Q6
 
---

Quem não se lembra do apocalipse aviário de Hitchcock, baseado no clássico da autora, Os Pássaros? Eu lembro-me bastante bem e essa foi a razão principal de ter lido este livro. 

O que descobri foi surpreendente: o conto original, nada tendo a ver com o argumento cinematográfico, consegue superá-lo.

The birds & and other stories é uma colecção de seis contos, todos eles marcantes, detentores de uma voz própria e de uma beleza gótica inspiradora.

THE BIRDS foi a inspiração para o filme do mestre do suspense; causa a mesma inquietude que o filme, apesar do cenário e dos protagonistas serem diferentes: um agricultor da costa inglesa narra o cenário gradualmente aterrorizador do que acontece quando as aves ganham uma consciência colectiva e decidem atacar durante a noite, permanecendo vigilantes durante o dia. Pelos olhos de um homem simples, vamos percebendo o aproximar de um reino de terror com asas e bico, e as tentativas impotentes para o deter.

MONTE VERITÁ conta a história de um culto misterioso que atrai mulheres com a promessa da eterna juventude.
Foi o menos interessante.
 

APPLE TREE é sobre um homem que enviuvou recentemente e que começa a ver numa macieira do seu quintal várias semelhanças com a falecida esposa, desfiando o rosário de como esta era apática e pessimista e que ter morrido foi uma libertação de uma vida sem cor. Esta foi a minha história favorita, muito rica em nuances.

LITTLE PHOTOGRAPHER é sobre uma marquesa rica e sofisticada mas aborrecida até à última casa. Durante as férias de verão, inicia um caso com um fotógrafo local
mas rapidamente percebe que não pode controlar tudo o que a rodeia.

KISS ME AGAN STRANGER.
numa ida ao cinema, o narrador apaixona-se por uma funcionária e segue-a até casa, acabando num cemitério a meio da noite. Esta foi a história mais ambígua e inquietante pois dá azo a mais do que uma interpretação e é uma piscadela de olho ao mundo do sobrenatural.

OLD MAN fecha com chave d´ouro, um conto bonito que dá uma reviravolta inesperada nas últimas frases. 




No geral, gostei bastante e nunca pensei que du Maurier tivesse uma voz tão dark; claramente uma autora a explorar.  

****
(bom)

2 comentários:

Isaura Pereira disse...

Olá!
Ainda só li um livro desta autora "Rebeca" e adorei!! Quero ler mais livros dela, mas este não conhecia. Não está editado em portugal, pois não?
Embora não seja muito fã de contos fiquei curiosa.
Beijinhos e boas leituras

barroca disse...

Olá!

O "Rebeca" não li, mas vi a adaptação a televisão com o Charles Dance e gostei. Também quero ler o livro.

Este foi editado pela D. Quixote com o título de "Os Pássaros e Outros Contos Macabros" mas já foi há bons anos; em português agora só o deves encontrar em alfarrabistas ou bibliotecas municipais. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...