3 de abril de 2021

Thrill me - essays on fiction

 

Autor: Benjamin Percy
Género: Ensaio

Idioma: Inglês

Páginas: 185

Editora: Graywolf Press (Kindle)

Ano: 2016
 

---

Nunca tinha lido nada de Benjamin Percy, mas Thrill Me tornou-se, a par de Escrever - memórias de um ofício, de Stephen King, um dos melhores livros de escrita criativa que li até hoje. 
 
Curiosamente - ou talvez não... -, ambos escrevem literatura fantástica.

Este livro lê-se super bem, com Percy excelso na forma como mistura histórias quotidianas e experiência pessoal com várias citações e exemplos de livros dos mais variados géneros para ilustrar como escrever bem, desde a construção e desenvolvimento de um enredo aos diálogos, mantendo o leitor envolvido na história.

Num tom honesto, Percy conta-nos como teve de ser persistente e resistir às dezenas de cartas de rejeição até ser publicado, nunca deixando de tentar melhorar a sua escrita e reescrevendo inúmeras vezes. O resultado foi que após três livros, um dos quais uma antologia de contos, Benjamin Percy ganhou notariedade nos Estados Unidos.

Uma das coisas que mais gostei em Thrill Me foi a forma como o autor mostra como pegar no melhor de cada género da literatura e mesclar os pontos fortes do terror, do policial e da literatura contemporânea, por exemplo, e construir histórias sólidas e envolventes, citando inúmeros exemplos: Cormac McCarthy, Margaret Atwood, George R.R. Martin.

Destaquei vários parágrafos, às vezes seguidos, na minha versão Kindle e adicionei alguns títulos mencionados por Percy à minha lista de leitura. 

Thrill Me é uma leitura interessante e escrita com humor; é um livro que, à semelhança do livro de Stephen King, sei que vou reler.

*****
(muito bom)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...